"Aos Olhos do Mar", Cristiane Tavares e Chris Mazzotta (Editora MOV Palavras)

Misto de autobiografia e ficção, "Aos olhos do mar", de Cristiane Tavares propõe uma narrativa poética minada de simbologias e linguagem metafórica. Na história, duas aldeias são separadas pelo mar, "de Cá" e "de Lá": uma é habita só por crianças e outra só por adultos. Então, depois de uma forte tempestade agitar tudo, um encontro inesperado acontece. As ilustrações, com uma proposta semelhante à da ilusão de ótica, sugerem ao leitor os limites borrados entre um lado e outro, e o tema da adoção aparece de forma sutil, em meio a esse universo, mostrando que misturar o conhecido e o desconhecido às vezes é essencial para entender (e sentir) as coisas.