"Quando a gente chegou na sala, ele estava de cabeça baixa. Quando ele viu a gente entrar na sala ele abriu um sorriso tao grande que eu comecei a chorar. Aquela criança linda que eu sonhei a minha vida inteira estava ali na minha frente, com um sorriso lindo olhando para mim. Mesmo se ele não fosse a criança que sempre sonhei, seria ele, por que criança não se escolhe, criança se recebe. Eu não poderia escolher a criança da minha barriga, eu não teria como escolher a adotada. Eles não querem saber quem é você, se você é rico, milionário, pobre, se você é bonito ou feio. Eles querem amor."