Piquenique do GEAAV

Aproximando as crianças acolhidas aos futuros pretendentes!












Na manhã do último domingo (23), aconteceu o 1º Piquenique do GEAAV - O Grupo de Estudo e Apoio à Adoção Vida, de Mato Grosso do Sul, em parceria com a Vara de Infância e Juventude de Campo Grande, com objetivo de proporcionar o encontro entre casais interessados em adoção e crianças e adolescentes destituídos do poder familiar. O evento teve apoio do SINDIJUS – Sindicato dos Trabalhadores do Poder Judiciário de Mato Grosso do Sul, que disponibilizou a chácara do Sindicato para realização do evento.
Participaram cerca de 90 pessoas entre organizadores, casais, crianças e adolescentes que aguardam uma família adotiva. No início, foi feito uma dinâmica de apresentação e integração dos casais com as crianças .
Para a presidente do GEAAV, Lydia Pellat, o evento superou a expectativa com tamanha participação dos casais. “O resultado foi fantástico e maravilhoso! Nesta semana o núcleo de adoção recebeu casais interessados em saber mais informações sobre o processo de adoção. Para nós, sempre que tiver apenas uma adoção já é uma vitória muito grande”.
Uma das coordenadoras, Ângela Souza, se emocionou ao comentar que o evento foi além do objetivo. “Foi uma obra de Deus, dia lindo e maravilhoso com chuva no fim de tarde. Foi tão especial os casais interagindo com as crianças. Ficamos muito felizes com resultado”, comentou ela.
“Nós observamos procura de vários casais com crianças e com intenção de adotar, além disso, está tendo mais flexibilidade no perfil, com interesse de crianças com mais idade. No dia seguinte já houve grande procura no Núcleo de Adoção, foi um sucesso”, complementou Ângela.
Na visão dos organizadores, o GEAAV encerrou o piquenique com a certeza de dever cumprido e os participantes tiveram um domingo mais feliz, pois estão no caminho certo para realizar o sonho de ser pai, mãe, filho ou filha.   
Mais informações - O GEAAV está de portas abertas com encontros mensais realizados no Conselho de Arquitetura e Urbanismo de Mato Grosso do Sul. Mais informações (67) 99644-5056 - Lydia Pellat